You are here

Sala de imprensa

Poderá encontrar aqui tudo aquilo de que necessita para apresentar um relatório sobre a campanha «Locais de trabalho seguros e saudáveis».

Estão disponíveis os últimos comunicados de imprensa e, além disso, pode descarregar um pacote de imprensa completo. Se tiver dúvidas ou sugestões, também pode encontrar aqui os dados de contacto da equipa media da EU-OSHA.

Torne-se um parceiro de imprensa

Está interessado em trabalhar connosco na divulgação das mensagens da Campanha «Locais de trabalho saudáveis: gerir as substâncias perigosas»?

Contactos para a imprensa

Press Officer
Birgit Müller
+34 944 358 359
Corporate Promotions Manager
Marta Urrutia
+34 944 358 357
Manager of the Brussels liaison office
Brenda O’Brien
+32 2 401 68 59, +32 0 477 175 770

Kit de imprensa

Se já participa na Campanha «Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis», pode aceder ao nosso kit de imprensa, que inclui comunicados de imprensa, imagens, um calendário de eventos e todos os factos e números importantes.
22/10/2018

Todos os anos, a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA) e os seus parceiros marcam a Semana Europeia da Segurança e Saúde no Trabalho com eventos de sensibilização em toda a UE e não só. O tema deste ano, foco de uma estimulante gama de atividades a decorrer entre 22 e 26 de outubro, é a gestão de substâncias perigosas no local de trabalho.

Podem encontrar-se substâncias perigosas em quase todos os locais de trabalho, e, de acordo com o inquérito ESENERG-2 da EU-OSHA, 38 % das empresas da UE referem a presença de substâncias químicas ou biológicas sob a forma de líquidos, fumos ou poeiras nos respetivos locais de trabalho. Nesta Semana Europeia, trabalhadores, gestores e...Ver mais
24/09/2018

Em 24-25 de setembro, a Presidência austríaca do Conselho da UE acolhe, em Viena, uma conferência de alto nível, dedicada ao tema  Combater o cancro profissional. Uma série de oradores e participantes, incluindo políticos, parceiros sociais e peritos neste domínio, exploram formas de proteger os trabalhadores europeus da exposição a agentes cancerígenos no trabalho.

A conferência fornece uma panorâmica dos desafios atuais e apresenta os desenvolvimentos mais recentes e as iniciativas em curso. Os aspetos abordados vão desde a perspetiva europeia até medidas simples e soluções práticas adequadas à implementação nas empresas. No âmbito de workshops , os participantes terão a oportunidade de debater abordagens...Ver mais
26/06/2018

A Agência Europeia para a Segurança e a Saúde no Trabalho (EU-OSHA) revela a identidade dos parceiros oficiais da campanha e dos meios de comunicação social parceiros da campanha que participam na campanha pan-europeia de saúde e segurança no trabalho (SST) 2018-19 - «Locais de trabalho saudáveis: gerir as substâncias perigosas». O apoio destes parceiros é essencial para o êxito da campanha e, em troca, os parceiros da campanha beneficiam de uma vasta gama de vantagens e oportunidades.

É prazer que a EU-OSHA dá as boas-vindas aos parceiros oficiais da campanha «Locais de trabalho saudáveis» 2018-19. Muitos parceiros anteriores renovam o seu compromisso de melhorar a saúde e segurança no trabalho na Europa e continuam a tirar partido das oportunidades que a participação proporciona: maior visibilidade, acesso privilegiado a...Ver mais
24/04/2018

A Agência Europeia para a Segurança e a Saúde no Trabalho (EU-OSHA) lançou a campanha «Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis 2018-2019: Gerir as Substâncias Perigosas» em toda a UE. O lançamento assinala o início de dois anos de eventos e atividades destinados a chamar a atenção para esta questão e a promover as melhores formas de combater os riscos que as substâncias perigosas representam para os trabalhadores.

 

 

Ao contrário da crença generalizada, a utilização de substâncias perigosas não está a diminuir na UE, e a necessidade de gerir os riscos que representam continua a fazer-se sentir com a mesma acuidade. Algumas das substâncias a que os trabalhadores estão expostos com maior frequência são substâncias cancerígenas. Recentemente, a Comissão Europeia...Ver mais