You are here

1C-1920x589px.jpg

Quem deve ser envolvido na promoção de uma vida profissional sustentável?

O mais importante é mobilizar toda a gente — empregadores, quadros dirigentes e trabalhadores — para colaborarem na criação de um ambiente de trabalho seguro e saudável para todos.

Os quadros dirigentes devem permitir que os trabalhadores coloquem questões e incentivá-los a procurar soluções. Um bom gestor inspira e motiva os trabalhadores, compreende os seus pontos fortes e fracos, e encoraja-os a trabalhar para concretizarem objetivos comuns. É essencial construir um ambiente solidário, com uma moral elevada e uma boa cooperação e comunicação entre todos os trabalhadores, idosos e jovens, da empresa.

Através da partilha do conhecimento que possuem do local de trabalho com os empregadores e os quadros dirigentes, os trabalhadores podem ajudar a identificar problemas e a encontrar e aplicar soluções. Consultar os trabalhadores — e criar desse modo um clima de confiança e respeito — é fundamental para uma gestão eficaz dos riscos.

A cooperação entre a gestão dos recursos humanos (RH) e os responsáveis pela segurança e saúde no trabalho (SST) é particularmente importante para responder aos desafios decorrentes do envelhecimento e da diversificação da mão-de-obra. As políticas de recursos humanos — por exemplo, em matéria de conciliação entre vida profissional e vida privada, tempo de trabalho, aprendizagem ao longo da vida e a progressão na carreira — têm grande impacto na segurança e saúde. Por conseguinte, é essencial que as políticas de recursos humanos apoiem a gestão da SST em relação a todas as faixas etárias, tendo em conta as características, necessidades e motivações de todos os trabalhadores.

Recomendado para si