You are here

Publicações

COVID-19 e lesões musculoesqueléticas: um duplo fardo de risco para os trabalhadores migrantes na Europa?

28/05/2021 Tipo: Documentos de reflexão 25 páginas

A COVID-19 representa um risco para a saúde novo e emergente relacionado com o trabalho. Este documento de reflexão explora os riscos desproporcionados com que estão confrontados os trabalhadores migrantes, que são já dos grupos mais vulneráveis da população ativa da Europa.

Centra-se nos empregos associados a um risco particularmente elevado de exposição à COVID-19, bem como nas lesões musculoesqueléticas relacionadas com o trabalho (LMERT), outro risco profissional de elevada prevalência.

Os resultados mostram que os trabalhadores migrantes estão sobrerrepresentados em empregos com um risco elevado de exposição à COVID-19 combinado com riscos relacionados com as LMERT, confirmando que a COVID-19 agravou as desigualdades existentes entre estes trabalhadores.

O documento recomenda uma série de medidas para garantir a proteção da saúde e do bem-estar dos trabalhadores migrantes, incluindo campanhas de informação específicas, acesso a cuidados de saúde e medidas de apoio ao emprego.